8 tipos de linguiças para incrementar o churrasco

Churrasco sem linguicinha não é churrasco! Os acompanhamentos, assim como pão de alho, queijo coalho e farofa, são fundamentais para dar um toque especial à ocasião. E hoje, além da tradicional linguicinha de pernil suíno, há uma variedade enorme sendo produzida com outros ingredientes, temperos e sabores. A Olho Embutidos e Defumados apresenta oito opções de diferentes e saborosas linguiças disponíveis no mercado para você dar aquele up no churrasco de domingo.

1 – Linguicinha de pernil: a mais tradicional das linguicinhas é feita exclusivamente de carne de pernil. O processo de produção segue o mais rigoroso controle de qualidade, tornando o produto ainda mais saboroso e que não se desfaz com o corte.

2 – Linguicinha de frango: por ser produzida com carne selecionada de frango, é um produto suave para equilibrar o seu churrasco.

3 – Linguicinha de frango com bacon: também é produzida com carne selecionada de frango, porém com um toque especial no recheio: pedaços de bacon defumado.

4 – Linguicinha de frango com queijo: segue a mesma linha da linguicinha de frango com bacon, porém, com o diferencial de ser recheada com queijo parmesão.

5 – Linguicinha campeira: a linguiça campeira tem na sua composição pedaços maiores de carne suína selecionada e é temperada com pimenta calabresa em flocos e pimenta calabresa moída.

6 – Linguicinha fina: produzida com carnes selecionadas, a linguicinha fina tem característica de um produto mais suave. Além disso, é embutida em um envoltório natural de carneiro, o que facilita na hora de assá-la.

7 – Linguiça Blumenau: por mais que o consumo da linguiça Blumenau seja mais comum em petiscos, risotos e massas, ela também é uma excelente opção para o churrasco e pode ser preparada na grelha ou no espeto. Carnes nobres, tempero natural e o processo de defumação artesanal deixam o produto com um sabor marcante.

8 – Linguiça Calabresa: não é recomendado que a linguiça calabresa seja preparada em grelhas, como as outras. Mas, é uma ótima opção de aperitivo para servir enquanto o churrasco ainda não fica pronto.

A caixa mais saudável do Brasil

Para quem ainda não conhece, a Best Berry é uma empresa que inovou a forma de compras de lanches saudáveis. Ela funciona da seguinte maneira: você acessa o site, seleciona os produtos que deseja receber na sua casa e pronto, é só aguardar! Fácil, não?

 São mais de 40 tipos de snacks para agradar todos os gostos e a marca afirma que as opções são livres de adição de gordura trans, corante, conservantes, aromatizantes ou adoçantes artificiais.

É tudo produzido com muita atenção aos clientes. Os lanches recebem embalagens decoradas e nomes criativos que tornam a hora de comer ainda mais divertida, como por exemplo, o pacotinho “Happy Hour”, que contém nuts torradas com um toque de sal, uma combinação de amêndoas e castanhas de caju perfeita para aqueles momentos que precisamos de um tira-gosto. Por conter fibras, gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, essa opção ajuda a proporcionar sensação de saciedade, previne diabetes, melhora o funcionamento cardíaco e possui ação antioxidante. Para as “formiguinhas” de plantão, entre as mais de 40 opções oferecidas, também tem snacks que agradam esse paladar. As “Moedas de cacau”, produto que além de saudável é 100% vegano, levam o cacau como seu principal ingrediente, matando a vontade daquele chocolate, mas sem sair da dieta.

Para encomendar é muito fácil, basta acessar o site www.bestberry.com.br e selecionar o plano desejado. No primeiro plano, sua caixa custará R$ 99,90 por mês e você terá direito a 18 pacotes de snacks. No segundo plano, o valor investido será de 79,50 por 10 pacotes mensais.

Qualquer dúvida, a loja responde no próprio chat implantado no site, no telefone 0880 606 7063 ou e-mail: ola@bestberry.com.br.

Redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/bestberrybr
Instagram: www.instagram.com/bestberrybr
Youtube: www.youtube.com/channel/UCB0GU1-nHNhvw1jezbZTfOw

Tainha recheada com farofa de pinhão

O frio catarinense tem algumas marcas registradas no quesito gastronomia. A tainha e o pinhão são algumas delas, que pelas mãos da chef Sandra Meirelles, do Slaviero Essential Florianópolis Ingleses Acquamar, se uniram para uma receita de dar água na boca. O prato fez parte do 1º Circuito da Tainha e agora pode ir para a sua mesa. Anote aí:

Ingredientes:
1,5 kg de tainha
50g de brócolis
50g de couve flor
50g de cenoura
500g de farinha de mandioca
100g de manteiga
30g de pimentão verde
30g de pimentão amarelo
30g de pimentão vermelho
1 maço de couve manteiga
Sal
Pimenta preta
Pimenta rosa

Modo de preparo:
Temperar a tainha com sal e pimenta preta, colocar em forma untada, cobrir com papel alumínio e assar por 40 minutos a 180 graus. Retirar o papel alumínio e retornar ao forno por 15 minutos. Enquanto assa, prepare a farofa, salteando os pimentões e os pinhões pré-cozidos na manteiga com sal e pimenta. Adicione a farinha de mandioca, formando uma farofa bem úmida. Para incrementar o recheio, prepare os vegetais na manteiga e cozinhe os legumes no vapor.

Tempo total de preparo: uma hora.

Rendimento: serve duas pessoas.

 

Sabores de Santa Catarina em Blumenau

Os sabores do nosso estado estarão reunidos no Eisenbahn Bierganrten, no Parque Vila Germânica, nesta sexta e sábado (4 e 5/8). Nove chefs irão preparar pratos com produtos plantados, colhidos ou pescados em Santa Catarina. Assim como o menu de bebidas, que irá valorizar as cervejarias artesanais e os vinhos de altitude catarinenses. A entrada do evento custa R$ 5.

Ainda na programação do Sabores de Santa Catarina, haverá palestras e oficinas gastronômicas, onde serão cobrados um valor a parte de R$ 10. Nos workshops também estarão em evidência os produtos do estado, mostrando toda a nossa diversidade com aulas ensinando técnicas de preparo e receitas com ostras, pinhão, pato, kraeuterkaese e outros. Confira e escolha o que mais combina com o seu paladar:

Dia 4/8
Horário: 18h15min às 19h15min
Chef: Suzana Waascheck
Tema: frutos do mar
Preparo: ostras gratinadas com champanhe

Dia 4/8
Horário: 20h às 21h
Chef: Luiz Zaga
Tema: pato e porco
Preparo: suíno pato com mandioquinha frita, melado de cana e ovas de repolho roxo

Dia 5/8
Horário: 11h15min às 12h15min
Chef: Carlos Eduardo Soares
Tema: a arte da culinária catarinense
Preparo: paçoca de pinhão e brownie de pinhão

Dia 5/8
Horário: 14h às 15h
Chef Mirim Malu
Tema: mini chefs em ação
Preparo: banana espetacular e lanche colorido (sardinha)

Dia 5/8
Horário: 16h às 17h
Chef: Erik Von Bulow
Tema: prato com cerveja
Preparo: cozinha de origem: porco na lata, mousseline de mangarito e demi glace de imperial stout.

Dia 5/8
Horário: 18h às 19h
Chef: Nicoletti
Tema: frango
Preparo: aves no sous vide (sob vácuo), roulade de frango, recheado com pimentões grelhados e kraeuterkaese.

Dia 5/8
Horário: 20 às 21h30min
Sommerlier Rodrigo Colognese
Tema: vinhos de altitude
Preparo: virtudes e diferenciais dos vinhos e espumantes elaborados pela Pericó na altitude brasileira em Santa Catarina.

Delivery de sorvetes artesanais é novidade em Itajaí

Já pensou em um delivery de sorvete? E ainda de produção artesanal, com sabores inusitados? Pois essa é uma realidade em Itajaí e Balneário Camboriú, ideia pioneira na região comandada pela Spasso Gelato Artesanal. Com uma carta fixa e novos sabores lançados semanalmente, a novidade promete encantar os apaixonados por sorvetes até mesmo no Inverno. Dentre os sabores diferentões, criativos e, claro, deliciosos já inventados, estão o sorvete de arroz doce, o de azeite de oliva e até um de mostarda Dijon.

O Spasso Gelato Artesanal surgiu da ideia do Gilberto Regules, empresário que saiu do mercado financeiro para se entregar à sua paixão que é o sorvete. “Quando morava no Uruguai, tomava umas três vezes por semana”, relembra. Os sorvetes são produzidos em um laboratório localizado em Cabeçudas. “O gelato requer de um cuidado especial na escolha das matérias-primas, no balanceamento da receita, no processo produtivo e no manuseio dele após produzido. Para ter um produto excelente, todos estes elementos devem ser respeitados e trabalhados com conhecimento, paciência e amor. Se fôssemos terceirizar algo, o produto final não seria o mesmo”, explica Gilberto.

No menu fixo são contemplados cinco sabores: Pistache, Chocolate ao Leite, Doce de Leite, Café Carla e Fior di Latte. Além desses, semanalmente são criados mais um ou dois sabores que são publicados no Instagram e Facebook da marca. “Criamos coisas diferentes cada vez que temos uma oportunidade de inventar! Aproveitamos festividades do mês ou semana (Páscoa, Dia dos Namorados, Festas Juninas, etc). Tentamos sempre criar algo que nos desafie, mas que possa ter saída. Por exemplo, amamos (amamos!) o gelato de Azeite de Oliva que fazemos, porém ele é um sabor que as pessoas têm receio de pedir… Ele fica incrível com caldas ou acompanhado de um petit gateau! Outro sabor interessante, é o de Mostarda Dijon que fazemos para o restaurante Number 7, que é servido com um tartare de carne. É excepcional!”, revela.

Sobre o delivery, Gilberto comenta que surgiu mais como uma necessidade do que por escolha, pois montar uma boa estrutura para gelateria exige um investimento alto. Esse tipo de serviço é comum em outros países, mas aqui no Brasil ainda não é muito usado para sobremesas. “É um trabalho de formiga mudar o “mind-set”, por isso praticamos preços bem atrativos e não cobramos taxa de entrega por enquanto. Em cidades grandes, o custo do quilo de gelato chega a R$ 100 e a taxa de entrega mais R$ 15 ou R$ 20. Em Itajaí e Balneário Camboriú é possível pedir 1 quilo de gelato por R$ 50, só ligar para a Spasso!”, recomenda. O sorvete é embalado em pote de isopor específico para gelaterias. Uma vez que o pote é montado, é conservado a -24°c, temperatura que permite que o gelato conserve sua cremosidade para quando chegar à casa do cliente.

Os sabores variam a cada semana e ficam expostos na vitrine da gelateria às sextas-feiras no Armazém Galo, na Rua Laguna, 242, Bairro Fazenda, Itajaí. Para quem quer pedir em casa um sorvete que não está no cardápio naquela semana, pode solicitar com o pedido mínimo de 3 quilos.

Nós AMAMOS esta super novidade. E se você quer uma dica de sabor, o Gilberto já avisa (e nós já desconfiávamos) do sabor mais vendido na Spasso: o de doce de leite, que é uma herança dos 30 anos de vida no Uruguai e que também é de onde vem a matéria-prima para este gelato da Spasso.